quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Minha avó ♥

O tempo passa, a saudade aperta.
Como é estranho ir e olhar para aquele rosto. Imaginar como seria bom nunca ter lá entrado, era porque lá não estavas.
A cada dia que rompe procuro forças pra me lembrar de ti e não chorar, mas como é tão difícil. 
Teimam em falar, em fazer-me relembrar tudo várias vezes, sejam pelas fotografias ou por dizerem que ela era uma grande mulher, mas para mim ela continua a ser uma GRANDE MULHER. O sofrimento teima em estar cá dentro e dói tanto, ai como queria tanto que estivesses cá minha avó!
Deixaste tantas marcas, tantas. Fizeste com que eu visse o mundo da maneira como ele é, foste uma preparação prematura para os momentos que aí vêm para mim e para todos... Minha avó, como estás tão presente em mim queria tanto poder sentar-me ao teu lado e adormecer no teu colo com o sentir das tuas mãos nos meus cabelos, como o fazia muitas vezes quando ainda estavas presente. 
As saudades são tantas minha avó, Amo-te avó 

7 comentários:

  1. Força querida. Sinceramente, não sei a dor que poderás estar a sentir. Na verdade, já não tenho nenhum dos meus avós, praticamente nem cheguei a conhece-los, embora um dos quatro só tenha falecido à menos de 3 anos, mas com esse não tinha grande ligação, infelizmente. A minha dor é diferente da tua. A minha dor é por ouvir falar neles, mais nelas até, e nem sequer ter tido a oportunidade de as conhecer. Uma delas partiu sem sequer assistir ao casamento dos meus pais, a outra partiu quando eu ainda era nova mas ainda assim foi importante na minha vida, pelo que me contam. Sei que isto nem tem nada a ver mas este post mexeu tanto comigo que pronto, as palavras foram saindo. Por fim, mais uma palavra de força, que nunca é demais *.*

    ResponderEliminar
  2. Obg linda. Sei bem a dor que sentes e não é fácil, nada fácil

    ResponderEliminar
  3. Infelizmente, os anos não fazem com a dor desapareça. Apenas fazem com que nos habituemos a ela. É assim a lei da vida.

    ResponderEliminar
  4. Olá! Bem, acho que é um pouco cruel fazerem relembrar-te tudo mas tens que ser forte e mostrar que consegues ultrapassar... :) Eu também sofri de um caso assim e acredita que não vale a pena ficarmos deprimidos porque a vida tem de continuar. De uma forma ou outra terá de continuar e convém que seja de uma forma leve e minimamente feliz! :) um beijinho! ^^

    ResponderEliminar

Obrigado pelo teu comentário :)