sexta-feira, 18 de março de 2011

Quando voltas aquele jardim?



 
Cheguei a um jardim sem dono, que era de todos e não era de ninguém, que era meu porque lá tinha guardadas memórias de um passado que o tempo me roubou e pedaços de vida que me pertenciam, mas ele, ele não me era nada, senão um jardim sem dono que por mais que tivesse de mim ou que vaidosamente exibisse retalhos da minha história pessoal, afinal não era meu, nem tão pouco ousara me pertencer e por lá, nesse jardim me deixei ficar, esquecida pelo mundo, deambulando como fantasma, não sei por quanto tempo, mas fiquei, com o calor do sol sobrepondo-se à fria brisa de inicio do mês de Março. Contemplei as ruas desertas da minha cidade, decompostas por um vazio fúnebre e a tua falta fez-se evidente, porque talvez as ruas não estivessem assim tão desertas, mas estavam-no para mim ou não se encontrassem elas despidas de ti, de gestos teus, do teu sorriso fácil. Com o olhar esbarrava somente em rostos desconhecidos, que não o teu e em corpos estranhos, que em nada se comparavam ao teu. E tu fazias-me falta. Os raios de sol abraçavam-me e aconchegavam-me, tentando compensar a tua ausência. Mas eram em vão. Nada me aconchega o coração quando não estás. Foste embora e deixaste me assim sem o calor da tua voz e o perfume da tua pele levaste-o contigo. Agora só me resta esperar e pensar quando voltas aquele jardim.




(não totalmente inventado)

40 comentários:

  1. Olá! Obrigada por me seguires! beijinho!

    ResponderEliminar
  2. Um dia esses dias irão ficar completos com a presença dessa pessoa. E tudo o que agora é vazio para ti, irá ficar cheio daquilo que te faz sentir bem. :)

    Beijinhos menina *

    ResponderEliminar
  3. Pode ser que volte rápido... :)
    Gostei do teu texto!

    ResponderEliminar
  4. sim querida, eu queria fazer um diferente. vai ficar um bocado mais pesado na linguagem por causa da revolta da 'Tatiana'. obrigadaa

    gostei gostei*

    ResponderEliminar
  5. Obrigada pelo teu comentário e elogio! :D Gostei de saber que gostaste do capítulo! :) Eu também gostei deste teu texto e acho que nunca se deve desanimar quando o jardim está desflorestado, uma vez que ele pode renascer novamente e trazer com ele tudo aquilo que ansiámos (isto no contexto do teu texto! :p) beijinho e obrigada!:*

    ResponderEliminar
  6. Agradeço o comentário $:

    Gostei tanto do teu texto, querida ...
    Muita força *
    «Nada me aconchega o coração quando não estás.» - foi a parte que mais se identifica comigo *

    ResponderEliminar
  7. tbm me acontece isso muitas vezes :x
    obrigada :))

    ResponderEliminar
  8. Mas é mesmo.
    Uma pessoa às vezes fica tão atrapalhada que nem sabe o que responder. xD
    Mas pronto daquela vez até me safei. ahahah

    ResponderEliminar
  9. Adorei o texto querida. +.+
    E vais ver que essa pessoa vai voltar a esse jardim.
    Que os vossos caminhos se irão cruzar novamente. :D

    ResponderEliminar
  10. Obrigado pelas palavras menina! :)*

    ResponderEliminar
  11. sim, eu vou pensar muito bem , antes de tomar qualquer decisão (:
    obrigado pela força *

    ResponderEliminar
  12. hoje publico a próxima parte, sem falta. já devia ter publicado, mas estou com gripe e não tenho tido tempo, mas hoje publico, dê por onde der.
    obrigada liiinda.

    ResponderEliminar
  13. obrigada querida $:
    acho que com o meu texto, as coisas melhoraram $:

    ResponderEliminar
  14. ohm, obrigada minha linda (L)
    está lindo, o teu (:

    ResponderEliminar
  15. mesmo engraçado, mesmo daquelas situações, super comicas, he he
    Eu não tenho um jardim, mas tenho o "meu" campo uns passinhos e tenho uma manta de flores na primavera como eu adoro ir lá :)

    ResponderEliminar
  16. oh, MUITO OBRIGADA! vou tentar colocar hoje mais uma parte, sem falta.
    acredita, não desistas :)

    ResponderEliminar
  17. obrigada, já está tudo bem..
    adorei o texto, está deveras maravilhoso *.*
    (nome da música? :o)

    ResponderEliminar
  18. Sim querida, fazem mesmo todo o sentido (especialmente para mim :$)


    Obrigado pelo comentário :)

    ResponderEliminar
  19. vou aproveitar sim querida :)
    obrigada e também sigo *

    ResponderEliminar
  20. continuarei pois, e ainda bem que gostas!
    eu também me identifico imenso com a história e cada vez que a leio, mais e mais...

    ResponderEliminar
  21. gostei do blog e estou a seguir (:
    se quiseres segue também *

    ResponderEliminar
  22. Obrigada:)
    Também gostei muito do teu texto
    Vais ver que essa pessoa vai voltar, Força :D

    ResponderEliminar
  23. Obrigada (: Escreves muito bem, gostei muito. Seguirei também (:

    ResponderEliminar
  24. de nada, gosto muito do blogue :)
    a sério? fogo, adoro os dois :o

    ResponderEliminar
  25. também te segui <3 obrigada querida, se precisar de algo, eu digo *

    ResponderEliminar
  26. sim tens razão :)
    fogo eu gostava tanto de os ver...

    ResponderEliminar

Obrigado pelo teu comentário :)